Saiba como escolher o travesseiro perfeito: confira 4 dicas incríveis

Ter uma boa noite de sono demanda diversos cuidados. Desde o melhor colchão até o melhor travesseiro, tudo influencia. E se você está procurando como dormir melhor, uma das dúvidas que você pode ter é: como escolher o travesseiro ideal?

Um bom travesseiro é muito importante para garantir conforto e qualidade de vida a longo prazo, por isso, o processo de escolhê-lo precisa ser bem pensado. Desde o tipo de travesseiro e a sua matéria prima até o jeito que você dorme, há muito o que considerar!

No entanto, se você não sabe por onde começar, pode ficar tranquilo. Nesse artigo iremos te ajudar nisso. 

Vamos te dar 4 dicas para escolher o travesseiro perfeito, assim como vamos te ajudar a fazer essa compra online. Também vamos falar sobre o momento ideal de trocar o travesseiro para que você evite problemas. Boa leitura!

Veja também: O que é Pillow top? Conheça essa tecnologia para dormir melhor

A importância de um bom travesseiro

importância de um bom travesseiro

Ninguém gosta de ter uma noite mal dormida e, embora muitas pessoas não prestem atenção nesse detalhe, o travesseiro pode influenciar diretamente nisso. 

Considerando isso, vale dizer que esse item não se trata apenas de um apoio para a sua cabeça. Quando o travesseiro não apresenta uma estrutura adequada, a longo prazo, ele pode provocar muitas dores e problemas, a exemplo de:

  • Cervicalgia;
  • Cefaleias;
  • Torcicolos;
  • Insônia;
  • Formigamentos nos braços e mãos.

Considerando isso, um bom travesseiro, isto é, aquele que respeita a curvatura natural do seu corpo, faz toda a diferença para sua qualidade de vida.

Como escolher o travesseiro ideal: confira 4 dicas

De forma geral, o travesseiro ideal é aquele que é capaz de contornar a forma exata da cabeça e do pescoço, dando apoio uniforme à coluna vertebral e deixando a postura correta durante o sono.

No entanto, ao considerar esse principal fator, existem pontos importantes relacionados a ele que você precisa levar em conta no processo de escolha, como, por exemplo, matéria prima, altura do travesseiro, o jeito que dormimos e a sua densidade.

São esses pontos que vão fazer com que uma pessoa prefira optar por um tipo em vez de outro. Por isso, vamos falar um pouco sobre essas questões para que saiba como escolher o travesseiro perfeito para você.

Tipos de travesseiro: atenção à matéria prima

Assim como funciona para diversos outros itens, como é o caso do colchão, o tipo de material também deve ser um importante fator na hora de escolher o travesseiro ideal. 

Iremos apresentar alguns tipos de matéria prima mais conhecidas para travesseiros no mercado. O importante, na hora de escolher, é priorizar aquele que oferece maior conforto e sensação de relaxamento.

Travesseiro de pena de ganso

Um dos tipos de materiais mais conhecidos quando se fala de travesseiro é a pena de ganso ou plumas, visto que é um dos mais confortáveis, sendo bastante macios, moldáveis e leves. 

Essa maleabilidade permite que o item se ajuste facilmente ao formato da cabeça. A pena de ganso também é conhecida pela sua alta durabilidade, uma vez que consegue retornar ao formato original mesmo depois de receber alguma pressão.

Por outro lado, o tipo de plumas é menos indicado para pessoas que têm alergias, pois acumulam ácaros facilmente. Uma solução para esses casos é utilizar uma capa de travesseiro anti-umidade ou protetor.

Travesseiro de espuma

A espuma é um tipo de material que se subdivide em vários outros. Vamos apresentar alguns desses tipos:

  • Espuma de poliuretano: também chamada de compacta, não cede com facilidade ao peso da cabeça. É um tipo ideal para quem mora em locais mais quentes, pois  fica em uma temperatura mais baixa que a do corpo;
  • Flocos de espuma: é um tipo bem mais macio que o de poliuretano. É ideal também para evitar maus odores, pois os flocos de espuma deixam o ar circular;
  • Espuma viscoelástica: são famosos pelo seu efeito amortecedor, e isso acontece pois apresentam bastante equilíbrio na distribuição do peso, oferecendo o efeito de comprimir e voltar ao tamanho normal depois de usado.

Travesseiro de látex

Os travesseiros feitos de látex são uma opção bastante confortável, sendo também antialérgica. Ele oferece um toque aveludado e tem a capacidade de retornar a forma original mesmo após diversas deformações.

A estrutura deste travesseiro é composta por milhões de células totalmente abertas, o que facilita a respiração. 

Uma dica para quem opta por esse tipo é que, por ser um material que tende a esquentar, se recomenda o uso de uma capa de algodão. Além disso, pessoas alérgicas ao látex natural devem optar pelo látex sintético.

Travesseiro ortopédico

O travesseiro ortopédico é ideal para pessoas com problemas de coluna e desvios posturais. Trata-se de uma opção mais firme, dura e baixa, com o objetivo de alinhar o pescoço e o ombro. 

No entanto, é interessante que se opte por esse tipo apenas sob orientação médica. Quando não se precisa, de fato, usá-lo, ele pode ser bastante desconfortável. 

Escolha a altura ideal do travesseiro

como escolher travesseiro ortopédico

A altura também faz muita diferença na hora de escolher o travesseiro ideal para o seu corpo.

Para calcular a altura correta do travesseiro, você deve, no geral, levar em conta a distância entre a ponta do ombro e a base do pescoço. 

A melhor opção é aquela que não seja nem alta e nem baixa demais, de forma a atingir o equilíbrio para que o pescoço não fique na inclinação incorreta.

Jeito de dormir

A forma como você opta por dormir também pode influenciar no tamanho e altura do seu travesseiro. Por isso, vale considerar cada tipo de posição. Vamos falar a melhor opção para cada uma delas:

  • Para quem dorme de lado: essa é a melhor posição para dormir. Nesse caso, o ideal é o apoio em uma altura que se encaixe perfeitamente entre a pessoa e o colchão. Desse modo, irá se formar um ângulo de 90 graus entre ombro e pescoço, proporcionando total alinhamento da coluna. É importante priorizar também  travesseiros com densidades médias e altas.
  • Para quem dorme de costas: para esse tipo de posição, que é menos indicada, o travesseiro que apoia a cabeça precisa ser baixo ou médio, de forma a preencher o espaço entre a cervical e a nuca, assim como evitar a hiperflexão do pescoço. 
  • Para quem dorme de bruços: essa é a pior posição para dormir. Mas caso só consiga dormir assim, o ideal é usar dois travesseiros bem baixos, usando um para apoio da cabeça e outro embaixo do abdômen, na altura da curvatura da cintura.

Densidade do travesseiro

Por último, é interessante avaliar a densidade do travesseiro. De modo geral, a densidade significa a relação entre a massa e o volume de um objeto. 

Sendo assim, quanto mais denso, mais sólido e firme é o objeto. Quanto menor for a densidade do objeto, mais macio e maleável ele é.

No entanto, o cálculo da densidade do travesseiro não é tão simples. Para fazê-la, é preciso considerar o peso da cabeça de cada pessoa. 

É interessante que o travesseiro ofereça maciez, mas sem deixar que a cabeça afunde demais.

Como escolher o travesseiro pela internet?

Agora que você já sabe como escolher o travesseiro ideal para você, está na hora de saber como fazer isso de forma online, sem precisar sair de casa. 

Atenção nas dimensões

O primeiro ponto de atenção é escolher bem as dimensões do travesseiro para que você não acabe escolhendo um tamanho que fique muito grande ou muito pequeno na sua cama. 

Como você não está tendo contato direto com ele, você não pode deixar passar essa informação.

O tamanho mais utilizado de travesseiro, considerado um modelo padrão do mercado, é 50 x 70 cm. Se você for comprar um com outras medidas, é importante considerar isso na hora de encontrar fronhas para ele, por exemplo.

Verifique a durabilidade da peça

Em segundo lugar, é muito importante considerar também fatores como a durabilidade da peça, afinal, os travesseiros precisam ser trocados de tempos em tempos. 

Optar por peças que tenham um maior tempo de vida é ideal para se ter um bom custo benefício.

Atenção para o tipo de fronha que será usada

Por último, a fronha também é um elemento importante para se considerar na hora de comprar um travesseiro pela internet. Afinal, você não vai usá-lo sem ela.

Além disso, a fronha também influencia na qualidade do travesseiro, afinal, ela terá um contato direto com ele. Sendo assim, buscar um tecido que não provoque irritação é fundamental para isso!

Qual o momento ideal para trocar de travesseiro?

como escolher travesseiro pela internet

Como falamos antes, a durabilidade da peça é muito importante, assim como considerar a validade de um travesseiro. Com o tempo, eles podem se deformar e tendem a acumular micróbios que podem comprometer nossa saúde.

No geral, travesseiros duram cerca de 2 anos, porém, isso pode variar de acordo com o material e o próprio uso que você faz dele. 

Por exemplo, fazer trocas frequentes de fronhas e realizar exposição do travesseiro ao sol de tempos em tempos ajudam a oferecer maior durabilidade ao item. 

No entanto, se você já tem seu travesseiro há algum tempo e tem dúvidas se está na hora de trocar, há alguns aspectos importantes que você pode avaliar para saber se já está na hora de comprar um novo.

Avalie as manchas do travesseiro

Antes de tudo, se seu travesseiro apresenta manchas amareladas, você já tem o primeiro sinal que está na hora de se livrar do travesseiro. 

Você deve fazer essa avaliação sempre que trocar a fronha ou a capa protetora. Quando você as encontrar, é momento de trocar seu item.

Teste o tamanho dele após dobrá-lo ao meio

Uma segunda forma de saber se seu travesseiro já passou do tempo de trocar é através de um teste: dobrar ao meio. Caso você faça isso e ele não retorne ao formato padrão, isso significa que está na hora de dar adeus a ele. 

Verifique se você precisa colocar a mão embaixo dele

Outro alerta para a troca é quando você passa a ter a necessidade de colocar a mão embaixo do rosto ou do travesseiro para se acomodar melhor. 

Quando os travesseiros estão dentro do seu tempo útil, não há necessidade para isso, pois ele já traz todo o conforto necessário.

Observe desconfortos ao acordar

Por último, se o travesseiro está trazendo problemas como dores nas costas, isso é um grande indicativo que ele precisa ser trocado. Caso você sinta algum incômodo e ele já tenha certo tempo de “vida”, é muito provável que esteja na hora de trocar, pois não traz mais benefícios. 

Travesseiros com cheiro: prejudica ou auxilia o sono?

Travesseiro com cheiro também são uma opção do mercado. No entanto, podem ser uma grande ameaça para a irritação. O odor do perfume pode desencadear crises alérgicas. Sendo assim, não é indicado para pessoas que têm problemas respiratórios no geral.

Conclusão

Nesse artigo você aprendeu como escolher o travesseiro perfeito. Existem muitos pontos a considerar: desde o melhor material até a densidade do item. 

Além disso, é preciso estar atento a aspectos como tamanho e durabilidade do produto na hora de escolher, assim como também saber identificar a hora de trocá-lo.
E se você está procurando trocar o seu travesseiro, podemos te ajudar nisso. Os melhores travesseiros você encontra na Artelasse: garanta o sono perfeito!

O que achou do conteúdo? Ficou com alguma dúvida? Deixe nos comentários.